João Domingos Marques Raquel

João Raquel
Número de Socio: 37
Web:
Facebook: https://pt-pt.facebook.com/joao.raquel.14
Twitter:
Currículum
João Domingos Marques Raquel nasceu em Benavente no ano de 1977. Aos oito anos de idade iniciou os seus estudos musicais na Sociedade Filarmónica Benaventense como trompetista. Mais tarde entrou para a Academia de Amadores de Musica de Lisboa, onde concluiu o curso de trompete com 18 valores na classe do professor António Reis Gomes. Nesta mesma escola terminou as disciplinas de Acústica, História da Música, Práticas de Teclado, Formação Musical e Classe de Conjunto. Mais tarde concluiu a disciplina de Análise e Técnicas de Composição no Conservatório Regional Silva Marques em Alhandra. Entre 1997 e 1999 fez parte da Orquestra de Câmara da Academia de Amadores de Música, com a qual efetuou vários concertos, nomeadamente óperas para crianças. Atuou em vários concertos com a Orquestra do Círculo de Música de Câmara de Lisboa, sob a direção do maestro Alberto Nunes. Com a já extinta Banda Juvenil do Concelho de Benavente participou em vários concertos com o Tenor Carlos Guilherme. Frequentou os Cursos Internacionais de Férias para Jovens Músicos promovidos pelo Inatel em 1995 e 1998, onde desempenhou papéis de solista. Em 1997 ingressou no Xira Brass Quintet, com o qual se tem apresentado em concertos por todo o país e gravou o CD “Vila Franca Cidade Taurina” no ano de 2000. Em 1998 representou Portugal na Orchestre D´Harmonie des Jeunes de L’únion Européenne no Luxemburgo, com a qual, sob a direção do maestro holandês Jan Cober, realizou concertos no Luxemburgo, Alemanha, Suíça e Itália. Participa com vários grupos de música de câmara, donde se destacam vários concertos por todo o país. Apresenta-se regularmente como trompetista de vários cantores e cantoras do panorama musical nacional, com os quais tem realizado vários espetáculos em Portugal e no estrangeiro bem como várias gravações. Integrou, como trompetista, os espetáculos de Filipe La Féria “West Side Story” e “Judy Garland – O Fim do Arco Íris”. Fez parte da orquestra do programa da RTP “A Voz de Portugal”. Frequentou vários cursos de pedagogia musical dos quais se destacam os dos professores Jacques Chapuis e Jos Wuytack. Frequentou diversas Masterclasses de direção de banda e orquestra de sopros com vários maestros, destacando-se Délio Gonçalves, Jo Conjaerts, Felix Hauswirth, Yibin Seow, Rafael Agulló Albors e Timothy Reynish. Em 2002 terminou, na Escola Superior de Educação de Lisboa, a licenciatura de Professor do Ensino Básico na variante de Educação Musical. Desde então leciona a disciplina de Educação Musical no segundo ciclo do Ensino Básico, sendo igualmente professor da classe de metais na escola de música da Sociedade Filarmónica União Samorense. Foi maestro da banda da Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense entre 2010 e 2013. É maestro e coordenador da escola de música da banda da Academia Musical do Lumiar desde Maio de 2013. É maestro e diretor artístico da Sociedade Musical Recreativa Obidense desde Outubro de 2013.